Ligações

TvSTicon 

moodle1

requisicoes_link.png

 place1

At

ementas

 

 logotipo eco escolas

 

Delegada de Grupo

Alice Aveiro

 

No âmbito das atividades desenvolvidas pelo grupo de Físico-Química, o planetário da Associação de Astronomia da Madeira deslocou-se ao Edifício do Curral das Freiras no dia 29 de janeiro, onde os astrónomos realizaram nove sessões de Astronomia adaptadas ao grau de ensino, nas quais participaram alunos da Pré-Escolar, 1.º, 2.º e 3.º Ciclos do Curral das Freiras. No final de cada sessão foram mostrados dois vídeos-resumo alusivos ao Sistema Solar, Constelações e outros conceitos e sobre os 50 anos da alunagem e Exploração Espacial.

Um grupo de cerca de 130 pessoas (entre alunos, docentes e funcionários) teve oportunidade de estar com os monitores Alexandre Gomes e José Rocha que proporcionaram momentos lúdicos e interessantes sobre vários temas do espaço.

Os astrónomos aproveitaram para ver a exposição sobre o “Sistema Solar – representação planetária à escala”, que se encontra no corredor do piso 3 do Edifício do Curral das Freiras.

Corina Saldanha

1

2

3

Nos dias, 12 de dezembro e 16 de Janeiro, a turma D do 7ºano realizou duas visitas de estudo à Central hidroelétrica dos Socorridos e ao Museu de eletricidade da Madeira, no âmbito do Projeto de Flexibilidade Curricular da turma “Fontes de energia, o seu impacte ambiental e sustentabilidade do Planeta”. As atividades foram na disciplina de Físico-química com a colaboração do Projeto Eco-escolas.

ve7d1

ve7d3

ve7d4

ve7d2

PLANETÁRIO

No âmbito da disciplina de Físico-Química, os alunos da turma 8.º 1 realizaram trabalhos sobre modelos moleculares. Os modelos moleculares não representam a realidade das moléculas mas apenas alguns dos aspetos que as podem caracterizar.

Para a construção do modelo molecular, os alunos utilizaram bolas de poliestireno, ligando as “esferas” por meio de palitos e tiveram em atenção a cor e tamanho das esferas para representar os átomos. Além disso, elaboraram um cartaz informativo sobre a molécula.

Estes trabalhos encontram-se em exposição no piso 3 do Edifício do Curral das Freiras, junto à Sala de Professores.

Corina Saldanha

 

Organizado pelo grupo de Físico-química da Escola Básica com Pré-Escolar de Santo António e Curral das Freiras, decorreu no edifício de Santo António, no dia 20 de novembro, a VII edição do concurso de Pontes de Esparguete. Esta edição contou com a participação das turmas de 9º ano, CEF I, II e III e PCA, que se organizaram em grupos que construíram pontes, recorrendo apenas a esparguete e cola, consumindo em média cerca de 350 gramas de massa alimentícia.

Trata-se de um desafio que permite aos estudantes aplicar alguns conceitos que aprenderam nas aulas, colocando literalmente as mãos na massa.

As pontes foram avaliadas de acordo com as duas categorias a concurso: “Resistência” e “Estética”.

Foram atribuídos prémios aos três primeiros classificados na categoria de “Resistência” (1.º classificado: 7 kg; 2.º classificado: 6,5 kg; 3.º classificado: 2 grupos com 6 kg) e aos três primeiros classificados na categoria de “Estética”.

1

Resistência

1.º

res1

2.º

res2

3.º

res3

Estética

1.º

est1

2.º

est2

3.º

est3

Subcategorias