Ligações

TvSTicon 

moodle1

 place1

 atividades

ementas

 

 logotipo eco escolas

logotipo eco escolas                                cartazecocodigo1

                                                                                           (Clique na imagem)


 

O Projeto “À Descoberta do Mar da Madeira” tem por objetivo atrair os jovens para o uso do mar através das atividades náuticas e da educação ambiental, transmitindo conhecimentos e proporcionando experiências concretas com o meio marinho.

Este projeto é promovido e dinamizado pela Associação MarinaFunchal (AMF) e pelo Clube Naval do Funchal, tendo a nossa escola sido selecionada para participar no mesmo, sendo a coordenação interna feita pelo núcleo MAAL e pelo projeto Eco-Escolas. Participaram neste projeto as turmas: 5ºB, 5ºC e 7ºE.
Nos dias 15 de março para o 7ºE e 19 março para o 5ºB e o 5ºC, tiveram lugar as Palestras de apresentação do projeto, dinamizadas pelo Sr. Sérgio Castro, biólogo marinho.
No dia 12 de abril, decorreu a Experiência de Mar  - saída a bordo de um catamarã, com visita à Reserva Natural do Garajau. Antes da partida, foi desenvolvida a atividade "Segurança no Mar" pela Marinha Portuguesa, entidade responsável pelo socorro e salvamento no mar em Portugal.
No dia 16 de abril, alguns alunos dessas turmas participaram nas Atividades Náuticas, dinamizadas pelo Clube Naval do Funchal, onde tiveram a oportunidade de experimentar: Canoagem, Stand-Up-Paddle e Vela.

 

No dia 12 de abril de 2018, os alunos do 9ºD, no âmbito da disciplina de Geografia em parceria com o Projeto Eco-Escolas realizaram uma visita de estudo ao Parque Florestal do Ribeiro Frio.

Esta atividade teve como objetivo realizar um trabalho de recolha de fotografias para posterior divulgação em poster ou video de 12 espécies da Madeira, nomeadamente: Sanguinho, Barbusano, Pau-Branco, Loureiro, Perados, Folhado, Til, Gingeira Brava, Vinhático, Urzes, Uveira e Aderno. Também foram vistas algumas espécies invasoras e endémicas da Madeira.
A visita foi orientada pelo técnico do Instituto das Florestas e Conservação da Natureza que elucidou os alunos acerca das diversas espécies em estudo
Este trabalho será alvo do Concurso Nacional - “Uma árvore, uma floresta”, promovido pela Associação de Professores de Geografia, cujos objetivos principais são despertar a curiosidade geográfica como promotora da educação para a cidadania, conhecer a biodiversidade da floresta autóctone portuguesa e relacionar a importância da floresta autóctone com a prevenção e mitigação de riscos. Esta atividade visa também reforçar a preservação da FLORESTA, tema principal do Eco-Escolas neste ano letivo.
Os alunos demonstraram interesse ao longo da visita e empenho na recolha de dados e imagens para a realização do respetivo trabalho.
Ao longo do percurso realizado, foi possível observar os efeitos da devastação das serras da Madeira devido aos incêndios florestais. No final do passeio, os alunos tiveram ainda oportunidade de visitar o viveiro das trutas.

  

No dia 26 de fevereiro a turma 8ºD fez uma recolha de lixo pelos espaços exteriores da Escola no âmbito do projeto Eco escolas, inserido numa campanha de sensibilização - Por uma escola mais limpa.
A turma recolheu o lixo das zonas exteriores, onde normalmente os alunos passam os intervalos.
Esta atividade teve como ebjetivo promover uma escola mais limpa.

No dia 20 de fevereiro, os alunos do 9ºA foram convidados pela Junta de Freguesia de Santo António para realizar uma atividade extracurricular, que consistia em plantar árvores na Eira do Serrado.


Os alunos deslocaram-se num autocarro pertencente à Junta de Freguesia e no local, apesar da temperatura baixa e de alguns momentos de chuva, os alunos encontraram outros estudantes mais novos, alguns pertencentes à escola do Boliqueime.


A turma pôde ouvir algumas informações dadas por dois responsáveis do Parque Natural sobre a importância da plantação de árvores no meio ambiente e sobre as plantas que iriam ser plantadas nesta atividade, sendo estas, as urzes, as estreleiras, as uveiras, o maçaroco e as faias da Índia.


Após as explicações, os alunos procederam à reflorestação.


No final desta atividade, alguns estudantes foram ao miradouro onde pode ser observado o Curral das Freiras, e voltaram ao autocarro.
Os coordenadores deram aos professores responsáveis alguns diplomas e algumas pulseiras, onde estava escrito “ESTÁ NA MINHA MÃO”.
Os alunos voltaram à escola, muito satisfeitos, pois, com as suas próprias mãos, puderam contribuir para a reflorestação das serras de Santo António.

 

Texto de Ana Sofia Câmara

 

IMG 20180220 WA0000  IMG 20180220 WA0002

 

IMG 20180220 WA0009  IMG 20180220 WA0021

No dia 14 de junho de 2017, às 10:00horas, na sala de sessões, realizou-se o 2º Conselho do Eco-Escolas, um dos sete passos da metodologia do programa Eco-Escolas. Foram convocados todos os representantes que constituem o Conselho do Eco-Escolas, nomeadamente: 

- professores (Lurdes Morais; Magda Lopes; Teresa Jardim; Teresa Leitão) 
- pessoal não docente (Maria José Góis)
- delegados de todas as turma da escola (alunos)
- encarregados de educação (Iolanda Figueira)
- órgão de gestão da escola (Vítor Gomes e Mª Brigita de Sousa)
- Câmara Municipal do Funchal (Pedro Silva)
- Junta de Freguesia de Santo António (Joana Afonso)

 

A todos um muito obrigada pela presença e pela participação ativa. 

A coordenadora do Programa Eco-Escolas,

Catarina Alves"

Subcategorias