A Turma do CEF1 – Instalações de Eletricidade da Escola Básica PE de Santo António e Curral das Freiras, procedeu à recolha de beatas de cigarro, no percurso compreendido entre a RTP e a avenida das Madalenas, no dia 25 de maio de 2021. 

No âmbito do Projeto Flexibilidade Curricular, cujo tema é “Atividade Física e Estilos de Vida Saudáveis” e sob monotorização e orientação de dois professores da Turma; o da disciplina de Educação Física, Virgílio Santos e do Coordenador de Curso, Mário Aniceto, os alunos devidamente equipados com máscara, luvas e um saco de plástico transparente, recolheram, manualmente, as beatas que estavam expostas na via pública, ou seja, ao longo do percurso acima mencionado. 

Esta ação visou sensibilizar as pessoas, no geral, para que não sejam lançadas para o chão beatas, pois contribuem para a poluição do meio ambiente. 

O balanço final foi muito satisfatório, porque foram recolhidas duas mil seiscentas e vinte beatas de cigarros e a presença dos jovens não deixou indiferentes os transeuntes que tomaram consciência da sua atitude incorreta e, talvez, no futuro, não repetirão o ato voluntário de atirarem seja o que for para o chão, contribuindo assim, para um planeta melhor, mais saudável, sem poluição e, totalmente, seguro para aqueles que o habitam. 

 

CEF1 students experienced ecoplogging for the first time on the 25th May, exercising and cleaning near our school.

Eco-plogging consists of collecting rubbish while jogging or walking, so, a group of 13 students and 2 teachers collected 2620 cigarette butts in the school surroundings. All the people involved were equipped with masks, gloves and a plastic bag. Now our streets are cleaner!

Plogging, a lesson for life: take care of your health, protect our planet!

Fotos Eco Plogging EF 25mai21

 

Fotos Eco Plogging EF 25mai21

   No âmbito da disciplina de Cidadania e Mundo Atual (CMA), os alunos do CEF de Empregado Comercial da EB/PE de Santo António e Curral das Freiras visitaram, a 15 de maio de 2019, o Museu Militar da Madeira.
   A visita foi orientada pelo Sr. Vitor, militar afecto ao Museu Militar da Madeira que é dirigido pelo coronel Luís Neri.
   Os alunos tiveram oportunidade de visitar a exposição de armas que pretende chamar a atenção para o importante papel desempenhado pela Madeira na história militar portuguesa.
   Paralelamente, o museu apresenta a evolução da construção da fortaleza de São Lourenço, local que a alberga, e que é sede do Comando Militar da Madeira.
   O museu ocupa três salas da antiga fortaleza onde se podem observar várias coleções de armamento desde o século XVIII até à atualidade.
Possui uma coleção de antigas peças de artilharia em bronze, uma outra de armamento ligeiro e está igualmente profusamente ilustrado com iconografia diversa representativa da história do Exército Português na Madeira.

 

museu militar

Os alunos do CEF de Empreagdo Comercial efetuaram, no passado dia 14 de maio, uma visita de estudo ao Núcleo Museológico do Instituto do Vinho, Bordado e Artesanato da Madeira-IVBAM (Museu do Bordado), na zona do Campo da Barca, no Funchal.
A visita aconteceu no âmbito da disciplina de Atividades Económicas.
O Núcleo museológico foi reformulado em 1996 para melhor expor algumas das mais importantes peças artesanais regionais, nomeadamente o bordado da Madeira e a sua evolução temporal, a tapeçaria e embutidos de madeira.
A influência da indústria de bordados assume uma importância decisiva na economia, cultura e vida social da ilha desde a segunda metade do séc. XIX e nas primeiras décadas do séc. XX.
Este espaço museológico presta uma homenagem a uma arte secular, oferecendo ao visitante uma mostra de peças, verdadeiras relíquias, que foram sendo produzidas ao longo de cerca de 150 anos, atestando o requinte, luxo e perfeição que desde sempre foram denominadores comuns desta arte, que pelos seus atributos se foi transformando em marca, reconhecida internacionalmente.
O Núcleo reúne um acervo constituído por peças de Bordado Madeira produzidas, entre a década de 60 do séc. XIX, até aos anos 30 do século XX reproduzindo o denominado período romântico.
Ao longo destas décadas foram dadas diversas utilizações ao Bordado Madeira, desde vestuário, roupa interior e trajes, até roupa de cama, toalhas de mesa, acessórios de banho e outros que adornavam minuciosamente quartos, salas e casas de banho. Estas peças estão enquadradas em ambientes que foram recriados à imagem daquela época.

 

Bordado1

   No âmbito das disciplinas de Cidadania e Mundo Atual, Atividades Económicas e Procedimentos Administrativos em Contexto Comercial, os alunos do CEF de Empregado Comercial da EB/PE de Santo António e Curral das Freiras visitaram, a 8 de maio de 2019, a fábrica de mel de cana de açúcar do Ribeiro Seco.
   A visita foi orientada por um dos sócios-gerentes da empresa "V. Melim, Lda." que emprega, sazonalmente (entre Abril e Maio), cerca de 50 trabalhadores nos diversos turnos (dia e noite). No resto do ano, 5 trabalhadores permanentes são suficientes para assegurar a manutenção, stock, embalagem e comercialização do mel.
   Os alunos tiveram oportunidade de se interiar do processo de fabricação do mel de cana, desde a receção dos camiões de cana sacarina até ao embalamento do produto final e exportação, sobretudo para o continente português, Jersey e Inglaterra.
   Ficaram a saber, por exemplo, que, das cerca de 1000 a 1100 toneladas de cana recebidas, apenas 9,5 a 10% resulta em produto final. O restante é vapor de água. Com o "segredo da família" que faz a diferença na depuração do produto final (o aquecimento em vácuo).
   Ficaram ainda a saber que da cana sacarina se pode extrair mel, açúcar e rum agrícola/aguardente de cana. O sargaço pode ser utilizado em cosmética (sabonente/esfoliante) mas a esmagadora maioria vai para vacarias para, em última instância, servir de composto/adubo orgânico.
   Os alunos ficaram ainda a saber que a cana sacarina é paga ao prooutor a 28 cêntimos ao quilo, que os fornecedores da fábrica são produtores oriundos da costa sul/sudoeste da ilha da Madeira e tiveram ainda oportunidade de provar o "xarope" (fase anterior ao mel).

 

ribeiro seco1



ribeiro seco2

 

ribeiro seco3

 

 

 

No âmbito das disciplinas de Actividades Económicas, Cidadania e Mundo Atual e Português, os alunos do CEF do Curso de Empregado Comercial visitaram, a 26 de Abril, o estabelecimento comercial Telepizza, no Funchal.

Para além de se inteirarem do funcionamento do negócio (encomendas por telefone, APP's, email, etc.), os alunos receberam noções básicas de Higiene e Segurança no Trabalho, stock, contolo de prazos de validade e tiveram a oportunidade de confeccionar uma pizza.

A visita de estudo foi orientada pelo gerente da loja, Luís Nunes.

 

telepizza1

 

telepizza2